Reconhecimento

Quando certas coisas acontecem, vc se sente tão recompensado que não é fácil ficar humilde, como costumo brincar com minhas filhas, e ontem tive mais uma dessas experiências.
Um casal de amigos tinha um compromisso importante e não tinha com quem deixar a menina de seis anos e o menino de um ano e meio.
Minha filha se voluntariou para a tarefa e na hora combinada lá estávamos nós.
Detalhe que o casal tinha mudado para aquela casa no dia anterior, e esposa tinha trabalhado o dia todo; praticamente tudo estava em caixas ou sacos plásticos!
Nem sofá, nem mesa… E nós com os dois e mais a neta de dois anos.
Na hora do banho do pequeno, a menina expressou que estava com fome, e embora os pais tivessem deixado dinheiro para comprar comida pronta, não sabíamos o que escolher que ela gostasse.
Buscamos no freezer/geladeira algo que pudesse ser preparado de forma rápida e saborosa.
Encontramos um pacote de peito de frango e outro de legumes congelados. Num saco plástico, sobre a bancada da cozinha, um pedaço de raiz de gengibre e alho.
Que fazer com isso???
Haja imaginação e criatividade!!
O pequeno tomou banho e dormiu cedo sem dificuldades. Um amor de criatura que ama de paixão minha neta.
Tive que cortar o frango sobre um guardanapo de papel, pois não consegui encontrar uma tábua de carne. Como não tinha óleo nem azeite, tive que usar manteiga para refogar o frango na unica panela que encontrei. Percebi que não tinha sal disponível.
Depois que o frango estava dourado, acrescentei o alho e o gengibre, e o cheiro ficou maravilhoso!
A garotinha, que disse não gostar de legumes ficou rodeando e perguntando o que eu estava preparando…
Nessa altura, soltei os legumes congelados sobre o frango e em questão de minutos estava tudo no ponto.
Mas, e o sal?
Encontrei sobre a bancada dois micro pacotes de parmesão que tinham vindo com a pizza que a família tinha pedido no dia anterior.
Não tive dúvida: adicionei o parmesão no frango, que desprendeu um super perfume pela casa!
Nem preciso dizer que a menina, ao sentir o cheiro, já veio buscar o pratinho dela… ou melhor, cumbuca plástica, que conseguimos encontrar. Felizmente, os talheres estavam fáceis de achar!
Claro que ela começou pelo frango, provou o brócoles, a cenoura, e fincando o garfo numa couve-flor, perguntou o que era aquilo. Para facilitar, respondemos que era uma espécie de brócoles branco que teria sabor de frango. Acrescentamos ainda que aqueles legumes fariam o coração dela bater bem forte!
Essa foi a palavra chave! Ela comeu tudo o que tinha na cumbuca e queria mais!
Volto eu para o fogão e preparo outra porção!
Dessa vez com meia cebola gigante que encontrei na geladeira.
Por onde vc acha que ela começou a segunda cumbuca? Pelos brócoles, cenouras e couve-flor! Deixou o frango e as cebolas,dizendo que cebolas eram nojentas e que a mãe dela não comia cebolas, nem ela! Começou a correr pela sala, dizendo era a energia dos legumes que a fazia correr.
Assim que mastigava o que tinha na boca, a “energia” acabava e ela “desfalecia”… E pedia que se pusesse nova colherada na boca, com direito a olho fechado e tudo!
Como diz o ditado, o que olho não vê, o coração não sente… Olho fechado aceita cebola e frango!
E suprêsa das surprêsas, comeu tudo!
Foi aí que ela soube que tinha comido cebolas! E gostado delas! Na hora de ir embora, a menina nos abraçou e beijou tantas vezes que parecia que não pretendia nos soltar mais!!!!!

Voce já teve a experiência de ensinar alguém a comer algo que julgava não gostar?

Anúncios
Esse post foi publicado em Dicas, experiências e marcado , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Reconhecimento

  1. Elis Alves disse:

    Ai que MÁXIMO!!!!!! AMEI a história, mãe! 😀 Muito legal!
    A sua comida é uma delícia mesmo! E ainda bem que não tinha sal porque em geral as pessoas aí não comem coisas com sal mesmo! 😉 amo vc!

  2. Eli, que MÁXIMO!!!!!!!!!!!!!!! Lá vou eu compartilhar suas postagens novamente!

    • baudavoeli disse:

      Cy e Elis, o mais engraçado foi que eu nao tinha ouvido a Raquel falar dos legumes congelados e comecei pelo frango, totalmente no “escuro”.
      Nisso a menina veio e me perguntou : “What are you doing? ” . Respondi que era frango. Ela perguntou:” Chicken with what??? ” Respondi que nao sabia. Ela me olhou bem nos olhos e perguntou: ” Do you know what “WITH” means????????????”
      Eu ri demais da conta!!!!!!

  3. Hahahahahaha! Muito significativo! – comentei mais cedo, mas não sei porque não registrou.

  4. Pingback: Limao???????? | Baú da Vó Eli

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s