Uma noiva aflita e a babosa salvadora

Minha casa sempre foi palco das mais variadas experiências de vida…

Crianças difíceis de alimentar que comiam sem dar trabalho às mães, as que comiam determinadas coisas só na minha casa, adultos que não suportavam determinados alimentos que ficavam maravilhados ao provar algum prato e assim a lista vai longe.

Com meus sogros aprendi muitas coisas sobre a arte natural de viver longe de medicamentos. Tive oportunidade de experimentar muitas das suas dicas preciosas, que me mantiveram longe de emergências médicas e das farmácias.

Apesar de tanta vivência, nunca tinha visto nada como que vi dias atrás: uma noiva aflita com duas espinhas na testa ( que normalmente aparecem depois da limpeza de pele) e um enorme esfolado na palma da mão, que estava bem infeccionado, avermelhado em volta, muito dolorido e impedindo a movimentação normal da mão.

Ao perceber que havia algo errado com a mão dela, perguntei se queria experimentar colocar um pedaço de folha de babosa. Ela havia se machucado numa parede chapiscada, ao tentar apoiar-se para não cair depois de tropeçar.

Ela e o noivo haviam cuidado do ferimento, lavando bem e fazendo todo o procedimento necessário, e mesmo assim, a ferida arruinou-se.

Colocamos a babosa sem a pele de cima, para que a gelatina da folha ficasse em contato com o ferimento, e prendemos com uma fita de micropore.

Passados alguns minutos a primeira surprêsa: não arder! Embora a ferida fosse bem profunda.

Passado pouco mais de uma hora, ao remover a folha, toda a vermelhidão tinha desaparecido, a dor diminuído e a ferida parecia menos funda. Trocamos de folha, e novo curativo.

Soube depois que, por volta das tres da madrugada, ao remover pela terceira vez o curativo, ficou pasma! A pele já estava rosada, as beiradas fechando, a dor havia passado e já se notava um processo de cicatrização impressionante.

Com a bem sucedida experiência, a “aflita noiva” resolveu aplicar a babosa nas espinhas da testa, que estavam grandes, internas e muito doídas. Na manhã do dia seguinte, uma das espinhas já havia saído, sozinha, e a outra estava praticamente pronta para ser erradicada daquele belíssimo rosto!

Não poderia deixar de compartilhar com vc, que curte esse baú, essa maravilha da natureza!

Simples, sem contra-indicações, sem custos. Processo rápido, seguro e indolor.

Se alguém precisar de muda de babosa, tem no meu jardim…

Anúncios
Esse post foi publicado em Dicas, experiências e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s