Na riqueza e na pobreza…

Até uns anos atrás, fazia parte dos votos de um casamento o célebre compromisso de permanecer juntos …na riqueza e na pobreza…

E como tenho com cada um que lê esse blog, o compromisso da honestidade, venho contar os resultados do meu primeiro vôo solo na difícil arte dos pães sem glúten.

Ralei 180g de mandioca crua
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de mel
1 colher de sopa rasa de fermento fresco de pão
150g de água

Bati tudo junto no Thermomix, 37graus, 1minuto, velocidade 10.

Acrescentei 1 e 1/2 xícaras de fécula de batata e 1 colher de chá de sal, misturei bem e coloquei na forma sobre papel manteiga.

Deixei crescer por 45 minutos e cresceu bem! Forno a 220 graus, 35 minutos.

Comemos ainda quente, junto com um chop suey de frango, (frango xadrez…).

Embora meio borrachento, comemos metade do pão… Estava gostoso…

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/b31/37826447/files/2015/01/img_2253.jpg

No dia seguinte, uma surpresa: o cheiro estava tão ruim que fiz o teste do cachorro: se ele comesse, eu comeria, pois uma característica do cão daqui de casa é que ele tem que estar com muita fome pra comer pão de padaria…

E o tal pão de mandioca crua, sem glúten, para minha surpresa ele comeu!!!

Voltei para a cozinha decidida: ” Vou comer!”.

Mas tenho que confessar que não consegui comer o dito.
Como jogar fora seria a última opção, transformei o pão em farinha de rosca sem glúten! E a farinha não tinha o cheiro do pão!!!!

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/b31/37826447/files/2015/01/img_2251.jpg

Vou continuar tentando… e contando… Mas sem usar carboximetilcelulose, o famoso CMC, espessante químico muito utilizado na indústria alimentícia, pois trocar o glúten por esse composto pra mim, é trocar 6 por 2…

Ainda em tempo, estou gostando dos efeitos da dieta sem glúten… Mas isso é assunto para um outro post…

E vamos em frente!!!

Anúncios
Esse post foi publicado em experiências, Pão, receita sem glúten, Receitas, Thermomix e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Na riqueza e na pobreza…

  1. Ai, que delícia deve ter ficado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s