Risoto e almoço atrasado

Risotos nunca fizeram parte do cardápio da minha casa. Eu considerava um prato sofisticado demais para uma vida simples…

Mas, com a entrada da Thermomix na minha história, o conceito mudou. E atualmente, tornou-se o predileto quando estou com o almoço atrasado, com pressa, com muita fome, poucos ingredientes, ou simplesmente sem idéia do que preparar.

Parece contraditório, mas com uma thermomix à mão, é a mais pura realidade. É um prato que  me permite servir à família uma refeição simples, econômica, muito nutritiva, de um belíssimo visual, e o ponto alto, já com biomassa de banana verde incluída.

Outro fator importante é que que quando se acrescenta tomate aos brócoles, potencializamos a absorção dos nutrientes do brócole pelo organismo.
Da mesma forma que potencializamos a absorção da cúrcuma em 2000 vezes ao acrescentar uma pitada de pimenta do reino.
Brócoles e cúrcuma, ambos largamente conhecidos por seu poder anticancerígeno.

Sem gordura, sem manteiga, pouco queijo parmesão, mas explodindo de sabor!!!

Vamos lá?  O de hoje foi de brócole!

Ingredientes para 4 pessoas que não sejam gulosas…
1 xícara de arroz parbolizado ( que é mais nutritivo que o branco)
1 maço de brócole
1 tomate cortado em 8 pedaços
2 dentes de alho descascados
sal
cúrcuma (açafrão da terra)
pimenta do reino
3 xícaras de água
3/4 de xícara de água misturada a 50g de biomassa ( opcional: duas colheres de sopa de parmesão ralado para quem não tem problemas com lactose)

Modo de fazer:

Lave os brócoles deixando os talos meio descascados e as folhas rasgadas.Corte os talos em pedaços menores preservando as flores.
No copo da thermomix, misture 3/4 de xícara de água com a biomassa e o queijo parmesão opcional por 7 segundos, velocidade 8 e reserve.
No copo coloque os alhos e pique por 3 segundos, velocidade 5.
Acrescente o arroz, o tomate, o sal, o brócole, a cúrcuma, a pimenta do reino, e tres xícaras de água fria.
Programe 100 graus, velocidade 1, 20 minutos.
Qdo terminar esse tempo, acrescente a água misturada a biomassa (e o queijo ralado opcional)
Programe outros 2 minutos, 100 graus, velocidade 1.
Sirva de imediato.

Hoje, a fome era muito grande, mas prometo que fotografo o próximo risoto antes de comer…

Quem se aventurar a fazer na panela, opte por uma panela de ferro e receberá os mais sinceros elogios!!!!

Anúncios
Esse post foi publicado em Dicas, experiências, receita sem glúten, Receitas, Sem lactose, Thermomix e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s